Vendas estagnadas

02 de dezembro de 2020 • Notas e Fatos

Também segundo The New York Times, o número de apartamentos vendidos em Manhattan no terceiro trimestre caiu 46% em comparação com o mesmo período de 2019, contrariando as expectativas de bons negócios após a suspensão do bloqueio do coronavírus, em junho. Mas há sinais de recuperação. As vendas nos subúrbios estão se estabilizando, indicando que o êxodo de famílias da região central está diminuindo e, no Brooklin, os contratos assinados cresceram ligeiramente em relação a 2019.